Jogos Managers

Neste post sobre games, foi sugerido pelo nosso user Ewerton, que falássemos sobre os jogos estilos Manager. Vamos lá:

Frequentemente nos colocamos na situação de técnico e dirigente do clube, e pensando nesse tipo de coisa, os jogos de “Manager” foram criados para que nós pudéssemos, além de comandar nossos times do coração, ter uma carreira virtual como técnico de futebol e levar nossos times à glória. A partir de pesquisas nas redes sociais, resolvemos falar sobre os jogos mais queridos pelos fãs.

Elifoot

O primeiro dele foi o Elifoot, Criado em 1987 pelo português André Elias, o Elifoot teve sua primeira versão para MS-DOS em 1990.

Logo no início do game, os times que cada jogador ia assumir eram sorteados, assim mantendo o jogo nivelado para todos os jogadores. A mecânica de jogo era muito simples, você podia administrar as contratações e a escalação do seu time. Há duas maneiras de comprar jogadores no jogo, uma é quando o jogador está a venda com um preço fixo e a outra ocorria em forma de leilões. O jogador também podia expandir seu estádio para aumentar a renda com ingressos e trazer jogadores melhores.

De acordo com o seu desempenho nas temporadas, você podia ser convidado para assumir times de divisões superiores, bem como ser demitido após uma temporada ruim.

O Elifoot 98 ainda é jogado até hoje, através de atualizações dos elencos feitas por fãs. E o fascínio dos brasileiros pelo jogo é tão grande que em 2005 foi lançado um site dedicado ao público brasileiro.

As ultimas versões contam com um ranking mundial de treinadores, onde os brasileiros sempre marcam presença. A série Elifoot permanece viva até hoje, sua última versão é a 16, que agora está disponível também para iOS e Android.

Site Oficial: www.elifoot.net

 

Brasfoot

O fascínio dos brasileiros pelo futebol e pelos games de técnico era tão grande, que uma versão nacional do Elifoot surgiu. O Brasfoot teve sua primeira versão lançada em 2003, e manteve a mesma mecânica do Elifoot.

Porém agora, podia-se fazer ofertas pelos jogadores ao invés de esperar que eles fossem leiloados ou estivessem a venda. O jogador podia controlar o preço dos ingressos em cada setor do estádio, e o sistema de notícias foi implementado, numa clara inspiração no Championship Manager. A vantagem do Brasfoot era ter um leque de detalhes como no Champioship, mas ser simples como o Elifoot ao mesmo tempo.

Nas ultimas versões, o jogo ganhou novas features como um sistema de táticas mais desenvolvido onde você pode posicionar os jogadores num “campinho” e definir suas funções.

Vale-se destacar também que o Brasfoot é um jogo muito leve, e não é necessário um hardware de ultima geração para poder jogá-lo. O jogo conta também com uma comunidade muito grande, que faz diversos trabalhos voltados para o game, como skins e atualizações de times e ligas.

O Brasfoot também está vivo até hoje, e recentemente foi lançada a versão 16. Há uma versão free, com algumas limitações e a versão full custa R$12.90.

Site Oficial: www.brasfoot.com

 

Championship Manager

No ano 2000 a Eidos – que produziu todas as versões anteriores – firmou parceria com a Sega, lançando o Championship Manager 00/01 que introduziu um mercado de transferências muito mais próximo ao futebol real, superou o Elifoot em termos de venda , e liderou o mercado de games de “gerencia de futebol” até 2005.

Assim como o Elifoot 98, o CM00/01 ainda é jogado por muita gente no mundo todo, também atualizado por fãs.

Em 2005, durante a E3, as empresas anunciaram o “divórcio”. Assim, a Eidos manteve o nome da série, e a Sega manteve a base de dados e as licenças dos clubes. Durante os anos seguintes o Championship Manager foi sendo esquecido em função de Football Manager que foi lançado pela Sega, ser incrivelmente bom.

A série durou até a 2010, com o lançamento de Championship Manager 2011. Muitos fãs ainda torcem para que a Square Enix/Eidos reviva sua série tão aclamada.

Site Oficial: www.championshipmanager.co.uk

 

Football Manager

Em 2005 após a separação de com a Eidos, a Sega resolveu desenvolver o seu próprio game para concorrer com CM. Football Manager 2005 foi um sucesso, destronando após 5 anos , o Championship do topo da lista de mais vendidos.

No game, já podíamos assistir a partida em 2D, tendo a visão aérea do campo e vendo os jogadores como se fossem “botões” no campo.

O Football Manager com o passar dos anos se tornou o simulador máximo de administração de futebol. O jogo possibilita ao jogador que se envolva e controle todas as vertentes do clube. Desde controle dos orçamentos, contratação de comissão técnica e jogadores, rotina de treinos e etc.

A mecânica de contratação de jogadores que já era muito evoluída, com sistema de propostas – que funciona como no futebol real – ganhou uma nova vertente após a inclusão dos empresários no jogo. Eles oferecem jogadores, e podem recusar um negociação apenas por não gostar de você.

A montagem de elenco e o preço dos jogadores pode ser influenciada por diversos fatores, o que torna a simulação quase perfeita. Um jogador pode pedir para ser vendido por não jogar frequentemente, ou por não se adaptar ao país. Ele pode também ficar muito bravo por você não ter permitido que ele se transferisse, ou simplesmente por ser multado por faltar no treino.

Hoje o jogo já conta com recursos quase infinitos de simulação, e com um sistema de exibição de partidas 3D, que não é muito sofisticado, mas transmite uma boa experiência. E ainda possuí uma grande comunidade de jogadores que sempre disponibilizam ligas criadas por eles para complementar o game. Ou ainda desafios alternativos, como um onde todos os jogadores começam sem contrato com nenhum time, cabendo ao manager montar todo o seu elenco.

O jogo é líder de mercado atualmente, e sempre figura entre os mais vendidos do ano. A ultima versão do jogo é o Football Manager 2017.

Site oficial: www.footballmanager.com

©VirtuaLife 2016
Licença Creative Commons

Que tal nos ajudar?